domingo, 8 de agosto de 2010

olhando meu pai

Cadê você?

Acaso virastes estrela?

Saltitas por entre as nuvens ?

Acompanhas anjos celestiais ou descansas nos campos divinos?

Cadê você?

Dia dos pais!!!!!

Te busco no anoitecer, te busco olhando o céu.

Mesmo não te encontrando, te acho nas belas lembranças.

Tua fisionomia, teu jeito sério, teus vasos Marajoara, tuas brincadeiras.

Ah pai! Anos se passam mas tu permaneces!

Que possas estar em um bom lugar e na companhia de Deus velando e amando por todos nós que ficamos aqui sentindo muita saudade.

3 comentários:

Cristina disse...

Rosita amei seu blog, as mensagens são cheias de encanto e magia.No entanto a que mais me chamou a atenção foi a "olhando meu pai".Sempre que sinto saudades de meu pai já falecido,olho para o céu para mim ele é uma estrela que brilha e ilumina a minha vida.Beijos no coração!Cris

Gelda disse...

Seu Blog é lindo, acredito que seja divino. Mas "Olhando Meu Pai" me deixou emocionada, pois sempre lembro de meu pai com esses seus versos. LINDOS!!! bjos Gelda

Franz disse...

Oi, Rosita. Volta e meia volta passo por aqui para receber um pouco de beleza e aprender nessas suas letras de autenticidade.
Muitas vezes, como tu, busco os olhos de meu pai perdidos na amplidão, ou o som da fala mansa, serena, cantante, de minha mãe no silêncio raro que nos cerca.
Certa vez fiz um poema sobre os olhos do meu pái que enxergo nos olhos de meu filho. Tá no meu blog, no que chamei "Dia dos Pias sem Pai". Parabéns pelo poema, e um beijão do amigo.
Franz